[Parceria] Editora Kazuá promove segundo concurso literário nacional

by - 10:18


Editora paulista recebe originais de poesia, dramaturgia, contos, crônicas e romance de todo o país

www.editorakazua.com.br

Porque escrever é um ato de amor, é querer mostrar ao outro a vida por outro ângulo!
Ainda dá tempo de você aproveitar a oportunidade e participar do concurso nacional de Literatura da Editora Kazuá!

Na última segunda-feira 27 de Março de 2017, a Editora Kazuá abre as inscrições para o Concurso Nacional de Criação Literária – Premio Editora Kazuá. Entre as categorias estão: Literatura Feminina, Romance, Poesia, Contos e Crônicas e Dramaturgia. O edital e a inscrição podem ser acessados no site www.editorakazua.com.br até as 23h59h do dia 31 de julho.
A premiação para as cinco obras escolhidas em suas categorias serão: a criação de projeto gráfico, documentação  ISBN, ficha catalográfica, serviços de divulgação  e R$1500,00 em livros.
Alguns candidatos, a critério da kazuá, poderão integrar o catálogo da editora. Aos autores que publicarem durante o período de vigência do concurso e forem premiados na etapa final, ofereceremos um bônus de igual valor ao prêmio estipulado, totalizando assim a quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais) em livros.
Os participantes do concurso que publicarem em tempo hábil, terão direito a um voto e a serem votados por seus colegas para concorrer a um prêmio em espécie no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em dinheiro.
Após o sucesso da primeira edição do Concurso Nacional de Criação Literária – Premio Editora Kazuá a equipe da casa em grande expectativa para 2017. “Foram mais de mil inscritos e inscritas na primeira edição. Há muitos autores e autoras pelo país que querem ser publicados e nosso prêmio é uma oportunidades para autores de todo o Brasil”.
Vencedores da primeira edição
Na primeira edição os vencedores foram:  Judite Marieta Canhas Fernandes, Portugal (Premio Tatu de Contos e Cônicas); Fernanda Vizeu e Petter Boss, Rio de Janeiro (Premio Serpente de Dramaturgia); Fabiani Taylor, Espirito Santo (Premio Pássaro de Literatura Feminina); Beatriz Regina Guimarães Barboza, São Paulo (Premio Peixe de Poesia); e Alexandra Lopes  Cunha; Porto Alegre (Premio  Pavão de Romance).

Serviço
Concurso Nacional de Criação Literária – Prêmio Editora Kazuá
Editora Kazuá
De 27 de março até 31 de julho de 2016
Inscrições pelo site www.editorakazua.com.br
Ou pelo endereço: Concurso Nacional de Criação Literária – Prêmio Editora Kazuá
Rua Ana Cintra, 26, Santa Cecília, São Paulo,
CEP: 01201-060
Tel.: +55 11 3337 2899 Cel.: +55 11 980 209 848

Assessoria de Imprensa
Nelson Neto – nelsonscneto@gmail.com
Tel.: +55 11 3337 2899 Cel.: +55 11 973 337 151

Marina Prates – marinapratesb@gmail.com
Tel: +55 11 3337 2899 Cel.: +55 11 973 337 151

Vamos aproveitar a oportunidade galera, e não esqueça de seguir o blog, ok?

Beijos da Ana!


You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email