[Resenha] Livro Garimpeiro de Almas De Rodrigo de Toledo Coutinho

by - 16:57




Autor: Rodrigo de Toledo Coutinho
Lançado em 2003 pela Mazza Edições
Gênero: Romance
Disponível: Em qualquer livraria.

Olá Galerinha! Hoje vamos falar um pouco sobre o livro de Rodrigo de Toledo Coutinho lançado em 2003 pela Mazza Edições, tomei conhecimento neste livro ainda em 2003 quando fui visitar a Bienal do Livro de Minas Gerais, ganhei um jornal literário e nele tinha uma pequena passagem deste livro e a curiosidade me levou a compra-lo na época, hoje fico feliz por fazer uma pequena resenha dele, este livro é instigante e leva o leitor a continuar página por página para saber o real final do personagem.
Garimpeiro de Almas é um livro de 160 páginas  escrito em primeira pessoa, livro dividida em 3 partes onde o narrador fala de  sua história quando decidiu sair de casa buscando riqueza a principio no garimpo, o que torna o livro curioso é que desde o início o leitor se depara com um cenário incomum, presídio de segurança Máxima do Estado de Arkansas nos EUA.
Você seria capaz de contar uma história tão boa que o seu carrasco aquele que vai supostamente tirar sua vida acabaria em prantos?
Em Garimpeiro de Almas o leitor se torna o carrasco onde página por página é levado a decidir o destino do livro, do personagem, simplesmente onde continuar lendo ou não é o que vai decidir o final ou a vida daquele que está preso a maca.

"- Qual a razão de tudo isso?
-Quero provar que sou homem, só volto quando fizer fortuna."

Rodrigo cria neste livro um personagem totalmente singular, atordoado pela vida e em busca de si mesmo e porque não dizer de seu lugar no mundo, ele busca riquezas, ele vai descobrir posteriormente a verdadeira riqueza de uma pessoa.
O leitor é guiado fielmente pelas páginas enquanto o personagem narra toda história para o carrasco que ira tirar sua vida, nosso personagem está condenado a morte.

"-O meu ultimo pedido é poder lhe contar uma história."

Quando sai de sua cidade ele se depara com muitas aventuras e desventuras também, e em sua jornada ele conhece e convive com muitas pessoas, incluindo comunidades alternativas e budistas também ao qual se junta seguindo a estrada, por vias da sorte ele consegue chegar nos Estados Unidos sem dinheiro algum. Um livro que te mostra a importância de valorizar a vida e as pequenas coisas, o próprio personagem sobrevive com o pouco, o necessário, aqui é narrado como certas companhias podem acabar com a vida de um ser.
Acaba ficando rico mas de sabedoria e experiência, conhecemos a vida em uma comunidade alternativa, e um namoro incomum entre o nosso personagem e sua barraca, em momentos diversos acompanhamos o diálogo dos dois  brigas, eu não posso dizer que ele já está ficando louco, afinal todos nós temos a tendência a imaginar aquilo que nos falta, ali nos é mostrado que o amor não está na relação sexual em si nas conversas e parcerias diárias.
Ele entra em um aprendizado tão tocante que acaba nos envolvendo, o autor dá um pincelada no contrabando, mostrando as supostas facilidades de entrar em um país portando mercadoria ilegal, diga-se de passagem.
É um livro que se você ainda não leu, eu lhe indico com toda certeza para pessoas que assim como eu gostam de uma boa reflexão sobre a vida e claro passeie por novos ambientes e cidades sem sair de casa, leitura é cultura.
Te pergunto: Você já deixou algum livro pela metade?
Se sua resposta é sim, saiba que você também é um carrasco, porque o mais importante do que ler um livro é entender qual a visão do autor, qual o mundo que o autor quer te passar e fazer você entrar, pense dá próxima vez que deixar algum livro pela metade.
Eu gostaria de ter posto mais informações sobre o autor, porem nada descobri sobre ele, além do que já veio escrito no livro, então fico devendo.
E ai vamos colocar a leitura em dia?
Espero que você não seja mais um carrasco da literatura, mais sim um leitor voraz!

Beijos no coração de um!

Ana Ferreira Lima

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email