Paixões de momento

by - 19:29


https://www.wattpad.com/story/101330807-pipoca-e-eu-s%C3%A9rie-contos-de-amor-e-outras-drogas
Reza a lenda que o primeiro amor a gente nunca esquece, que é algo tão forte de superar qualquer obstáculo.
Mas e as paixões temporárias que são capazes de fazer um verdadeiro estrago em sua vida, mas um estrago tão grande, que te imobiliza e causa muito sofrimento, como não se deixar levar  por elas?
Por paixões cegas que te enlouquecem e te fazer perder o chão quando acabam antes do tempo?
Já pensou que talvez, só talvez você esteja indo rápido demais?
É que as vezes estamos no piloto automático e vamos engatando relacionamentos um atrás do outro sem parar para respirar.
Duvide quando alguém disser desde o primeiro encontro que te ama, dê a ele sim o benefício da dúvida, deixe que o tempo passe e que ele possa provar a você que realmente te ama. Tem pessoas que não são mau caráter não, é que são tão carentes que tem sabe aquela necessidade de dizer que amam na esperança de ouvir a mesma palavra de você, porque ouvir isso é como se voltasse o ar para os pulmões.
Não julgue errado, apenas vá um dia de cada vez, se tem algo que eu aplaudo nos grupos AA é o fato de orientar as pessoas a viverem um dia de cada vez, e isso não quer dizer deixar de ter esperanças no futuro, mas ir com cautela, ir saboreando a paisagem e deixar que a vida flua a contento, aprendendo com os passos certos e com os errados.
Todos errados, acredite até aquele que você julga certinho alguma vez na vida cometeu um erro, mas soube seguir em frente.
Se permita relaxar sobre um luar, um céu cheio de estrelas, ou um sol em um dia cujo céu é daquele azul límpido sem nenhuma nuvem de chuva, deixe que em alguns momentos a sua razão fale mais alto para que você possa reduzir a velocidade em que a sua vida anda.
E se o dia estiver chuvoso se permita também saborear a chuva e entenda que existe um tempo para tudo, assim como um arroz que tem o tempo certo para ficar pronto ou um bolo que tem o tempo certo para assar, você também precisa se dar um tempo. 
E quando passar você verá como valeu a pena, em minha adolescência eu escrevi várias poesias, que no inicio eu nomeei de falas da alma, algumas poesias tão profundas e românticas que saíram direto das minhas tardes solo,  eu poderia naquela época ter publicado, mas se tivesse feito isso seria um erro porque tinham textos ali que não eram dignos de uma publicação porque eram pessoais demais, dois anos depois que me separei voltei a escrever e escrever para mim é como respirar, sabe faz muita falta, depois de reler alguns dos poemas antigos eu vi que era finalmente a hora de publicar, pesquisei com várias editoras e todas aceitaram, mas de uma forma ou de outra deixavam a desejar em algo então, foi aí que conheci alguns autores independentes, aprendi muita coisa com eles.
O livro está publicado com o nome de "Relíquias da Vida- Poemas, Frases e sentimento", e porque relíquias você pode se perguntar, e eu te respondo relíquias é algo valioso e da vida eu só tirei lições valiosas até as más me ensinaram acredite tudo nesta vida é aprendizado, nada se perde.
Permita-se evoluir com as paixões, e com o tempo a ansiedade será tão baixa por encontrar a pessoa ideal que você simplesmente deixar que a brisa te leve pelos bons caminhos.
Ah e se quiserem conhecer meu livro ele está disponível em E-book no Amazon e na Livraria Saraiva, para aqueles que preferem o livro Físico ele está no amazon.com, você ainda pode adquirir ele de graça pelo Kindle Unlimited.

Não se desespere, deixa a maré te levar pelos bons caminhos!

Beijos da Ana!

You May Also Like

0 comentários

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Ana e Seus Livros




 AMORES QUE CURAM



 AS CRÔNICAS DA ANINHA



 RELÍQUIAS DA VIDA



Posts mais Acessados

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email