Mal do Século: DEPRESSÃO

by - 17:00


Pesquisas revelam que até 2020 a depressão ocupará o segundo lugar entre as doenças que causam incapacidade no mundo e as mulheres são (serão) as mais afetadas pela doença. A depressão é um transtorno moderno ligado à saúde mental, que é geralmente causado por um estresse, ansiedade, medo, preocupação ou agitações que resultam em ataques psicológicos negativos. Para a química, a depressão é causada por um defeito nos neurotransmissores responsáveis pela produção de hormônios, que nos dão sensação de prazer, conforto e bem estar. Com a presença de algum problema nos neurotransmissores pode acontecer da pessoa apresentar o desânimo, a tristeza, autoflagelação, perda do interesse sexual e falta de energia para atividades simples.

                A depressão pode afetar todas as faixas etárias. Sua causa se dá por vários motivos, sendo um deles a vulnerabilidade genética, ou seja, se uma pessoa tem depressão, as chances dos parentes mais próximos em adquirir a doença é muito maior, podendo aumentar em até 20%. A vida cotidiana do indivíduo conta muito para que esse tenha uma vida saudável, dessa forma as situações estressantes do dia a dia, como assaltos, perdas de entes queridos, as doenças físicas ou ligadas ao sono podem ser causas determinantes do distúrbio, que pode vir acompanhado da Síndrome do Pânico. 

               A Síndrome do Pânico é um transtorno de ansiedade no qual há ocorrências de crises inesperadas de desespero e medo de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivos ou sinais de perigo eminente. Essas crises são seguidas de preocupações com possibilidades de novos ataques, que dificultam a rotina do dia a dia, por medo de enlouquecer ou por medo ter um ataque do coração.  As causas desse transtorno não são reconhecidas, mas a ciência afirma que o estresse, o temperamento forte ou sensível, mudanças de comportamentos e a genética facilitam para o desenvolvimento desse transtorno.
             
               Na maioria dos casos a síndrome do pânico aparece logo após ou junto com a depressão. A diferença entre as características de ambas é que uma pessoa depressiva tende a ficar mais negativa, perdendo a vontade de viver, de se arrumar, de trabalhar, de comer ou pelo contrário tem casos em que as pessoas comem por excesso, deixando de pensar no futuro. Já quem tem a Síndrome do Pânico se paralisa por causa da ansiedade extrema, tendo medo de tudo e todos, sempre achando que vai morrer repentinamente.  

               Para haver o tratamento da depressão é necessário o uso de medicamentos contínuos com orientação médica. Hoje existe vários anti- depressivos disponíveis para que haja o tratamento. Pelo contrário de que muitos pensam, esses remédios não são drogas, que podem causar a dependência. Cada caso é um caso e cada um necessita de um tratamento diferente e com um acompanhamento terapêutico e com profissionais adequados para o caso. Algumas pessoas precisam de tratamento preventivo ou de manutenção, que pode levar anos ou até uma vida inteira. 

               A prevenção dos episódios de crise não resolve apenas com a psicoterapia, ela também não cura a depressão. Essa técnica ajuda o indivíduo a ter uma reestruturação psicológica, aumentando sua compreensão no processo do tratamento e na resolução da lide, assim pode haver a diminuição do estresse. Apenas o médico pode indicar o medicamento e o tratamento adequado para cada caso, após uma análise. Uma automedicação  e uma interrupção do tratamento por conta própria pode piorar o caso ou até mesmo levar a morte ou suicídio. Se você tem casos de Depressão em sua família ou com pessoas próximas a você, Cuide, Ajude, essa doença é séria! A Vida é o bem mais precioso que Deus nos deu e Vale muito à pena lutar por ela!
Gostou? Que tal compartilhar este post e seguir o blog?

Abraços, 

Carolina Larissa
Consultora Comercial



  
Quer acompanhar todos os lançamentos? Então siga nas Redes Sociais:
Twitter @anaferlimaautor Instagram @anaferlimaautor Facebook @autoraanaferreiralima         

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email