Como criar bons personagens

by - 18:59


Todo escritor tem dificuldade quanto a criação de personagens, sabe aqueles que agradam o público que os fazem querer sair do papel e ganhar o mundo real.
Mas como faze-los interessantes ao público?
Eu tenho um roteiro de escrita, sim eu sigo um roteiro, leio uma dez vezes cada capítulo para ter a certeza que tudo está como deve estar, e também crio um capítulo só meu com o perfil de cada personagem, onde dou nome completo, data de nascimento, signo, cidade que nasceu, frase de impacto, cor de pele, cor dos olhos, cor dos cabelos e físico corporal. Aí você me- mas Ana precisa disto tudo?- Eu te respondo: Não!
Mas eu faço porque? Porque assim eu não me enrolo, e enquanto estou criando cada personagem já sei lá na frente onde ele vai parar e como ele vai reagir em cada situação, é na criação do perfil dele que sei se ele vai ser mocinho ou vilã, ou ainda aquela pessoa neutra.
Tenha em mente que quanto mais próximo da realidade você colocar livro, mais fácil vai ser da pessoas gostarem da sua história, eu não quero dizer que você tenha que se firmar apenas na realidade, não é isso, apenas faça com que os personagens sejam pessoas mais reais de carne e osso  como nós em que ao ler os leitores vejam os mesmos em suas mentes e o imaginem como pessoas reais.
Então segue a dica se vai escrever um novo livro a cada criação de um novo personagem coloque em seu manual o perfil daquele novo personagem, a medida que o personagem for mudando no decorrer da história, você poderá alterar em seu perfil também, isso vai ajuda-lo a manter o personagem mais real e menos fantasioso demais.
Para quem acredita em signo, vale a pena copiar as características de cada signo, pois algumas são realmente bem reais e condizem com a realidade, ou se espelhe em pessoas que você goste que você curta, ou até aqueles que você não curta, porque não torna-los vilões é ultima forma de extravasar sua raiva, diga-se de passagem.
Não está conseguindo escrever? Ou está passando por algum bloqueio?
Simples. Dê uma parada em sua escrita que forçando você não irá conseguir muita coisa, vá a pracinha, ou passei pelo shopping a qualquer lugar que te deixe em paz e que você goste, pode ter certeza que mudar de ambiente irá funcionar, e te dará um gás novo para terminar sua obra, quem sabe ele não vira um bestseller?
Tudo pode acontecer, por tanto leia, leia e leia de novo.
Porque só lendo você aprende a escrever cada vez melhor.
E ai qual livro você está escrevendo agora?
Te desejo muito sucesso!
Curtiu o post? Que tal compartilhar com teus amigos?
Ah e se você gosta de ler, dá uma passadinha em meu novo blog, só de contos tenho certeza que irão gostar: anaeseuslivros.wordpresse.com
Boa Leitura!
Curta, comente, compartilhe e siga o blog!

Beijos doces!    
         
Ana Ferreira Lima
Siga-me nas Redes Sociais

Twitter @anaferlimaautor Instagram @anaferlimaautor Facebook @autoraanaferreiralima 

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email