Narrando um bom livro

by - 20:06

https://goo.gl/GTj3Xb

Olá leitores e escritores, como estão?
Bem hoje seria uma resenha, mas como tivemos alguns problemas de no caminho, escrevi  este post sobre o famoso narrador das histórias, conforme havia prometido semana passada, vamos lá.
O início de uma história é complicada para todo escritor, como vou iniciar minha história?
Todos pensamos que deve ter aquele impacto inicial que fará a atenção do leitor prender logo de cara, e alguns acertam outros não, o importante é a escolha do narrador, há quem prefira escrever em primeira pessoa outros escrevem em terceira pessoa o que torna a história com um tom mais elevado diga-se de passagem. Apenas tenha em mente que se tua história vai ganhar uma amplitude grande em que será necessário ver a perspectiva de vários personagens o melhor que você tem a fazer é escreve-la em terceira pessoa.
Escrever em terceira pessoa quer dizer que o narrador não fazer parte da história, mas pode sim estar em todos os lugares ao mesmo tempo, saber o que cada personagem está pensando ou fazendo.
Agora se sua história falara apenas um ponto de vista, então escreva em primeira pessoa, o que tornara sua história emocionalmente sentida, já que o narrador fará parte da ação, o narrador em primeira pessoa poderá saber o emocional do personagem.
Eu leio algumas história no Wattpad e o que vejo com bastante frequência é a troca de narradores dentro do mesmo parágrafo, é errado?
Não. Mas no meu ver deixa a história confusa.
Seria melhor se o autor mesmo que quisesse alternar entre um narrador e outro concluísse primeiro um capítulo para depois enfim fazer a troca de narrador, ou escrevesse logo em terceira pessoa como já disse a história ganha uma amplitude maior.
Narre a seu livro sem afobação, respeitando cada parágrafo e claro tomando a cuidado de expressar certo o seu ponto de vista, seja claro em sua intenção para com aquela história.
Não tenha pressa em publica-lo, seja coerente e pesquise bem antes de publicar, releia cada capítulo, não tenha preguiça de reescreve-lo se for preciso, leia e releia quantas vezes quiser e for necessário até que você se sinta satisfeito.
Se está firme quer escrever em terceira pessoa, ótimo, caso não esteja escreva em terceira pessoa tomando o cuidado de não embaralhar as ideias e bagunçar seu livro com vários narradores dentro do mesmo parágrafo, por isso a importância de ler e reescrever cada capítulo, porque todos buscamos a perfeição, é claro ela não existe, mas a sua busca é o que torna seu livro uma obra prima.
Lembre-se: Você será avaliado pelo que escrever, por isso leia muito, estude sobre o tema abordado em seu livro e reescreva cada capítulo.
O sucesso está na palma de sua mãos, não tenha medo de escrever e expor sua opinião, porque pode ser  você o próximo autor BestSeller.
É isso, espero que tenham gostado e até o próximo post, desta vez uma resenha linda, aguardem.

Ajude o blog, como? Curta, Compartilhe, Comente e Siga o Blog.

Abraços!

Marciana Lima

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email