[Resenha] Livro High Definition- O amor não tem Gênero Por J.V.Leite

by - 19:42


Oi Amores! Como estão? Galera vamos para mais uma resenha e esta semana eu queria colocar um livro diferente, e confesso já fazia tempo que eu estava querendo fazer a resenha deste, então aqui está e espero que vocês reflitam muito sobre este livro e a história por trás dele.
Eu aprendi muito e consigo olhar este mundo com outros olhos também, muitas vezes esquecemos que o amor não tem paradeiro e acontece de todas as formas, este livro é uma duologia, então é o primeiro, mas o segundo também já se encontra nas livrarias.
Daniel vive uma vida de mentiras, por assim dizer, a história começa antes mesmo dele nascer, quando seu suposto irmão Caleb vai estudar, fazer faculdade, e se envolve com uma garota do campus e desse relacionamento surge Daniel, a garota não quis assumir a criação do filho, fazendo com que os pais de Caleb assumam   a criação de Daniel como filho para não prejudicar a formação de Caleb, e ele crescer sendo criado pelos avós, achando que eles são seus pais na absoluta cegueira da verdade e assim Caleb termina a faculdade e o tempo passa na trama.

"- O que você pretende fazer agora? - Pergunta ele sem olhar para mim.
- Sinceramente eu não sei- estou me sentindo completamente perdido. - O que o senhor faria no meu lugar? - pergunto buscando nele, a minha fortaleza, uma solução.
Pois ser pai aos dezenove anos de uma criança completamente rejeitada pela mãe é algo que não estava em meus planos."

Caleb é o mais velho de três irmão- Samuel e Dennis, e quando o tempo passa na  trama ficamos inicialmente sem entender o porque do sumiço de Sam, até que ficamos sabemos que ele morreu em um acidente de moto terrível.  
Quando vemos Daniel já é um rapaz de dezoito anos que cresceu a maior parte do tempo na casa de Caleb sem entender o porque, ele até então teve alguns relacionamento e envolvimento esporádicos com algumas garota e incluindo sua prima.
Daniel cresceu cercado de mentiras e seu melhor amigo quase parte da família foi Henrique, irmão de Hellen agora namorada de Dennis.

"-Ela te drogou Daniel! Como você pode ser tão ingênuo? Puta que pariu!- Ele solta os braços, batendo as mãos nas próprias coxas."

 Por um infeliz acontecimento, o Gerente de Dennis morre em um acidente, fazendo com que a viagem que ele  e Hellen tinham programado não possa acontecer, pois Dennis o suposto irmão de Daniel não podem viajar e os dois amigos ficam com a viagem pois já estava tudo paga para Pipa no Rio Grande do Norte. 
Daniel e Henrique são melhores amigos desde sempre, na viagem nos percebemos uma cumplicidade e um amor de um para com o outro difícil de ser ver por aí, e vemos que os enlace acontece como qualquer casal "normal" aos olhos dos outros.
E os dois fazem o que estava programado para o casal anterior, até que em uma noite os dois resolvem se juntar a alguns Hips do local e lá Daniel fica com Giulia uma gorata hip e que o droga, depois disso ele faz algumas coisas das quais não se lembra, e uma dessas é beijar Henrique e dessa atitude o mundo deles se transforma e vem todo um transbordar de amor.   
Rique é do tipo que adora esportes radicais, já Daniel é mais centrado e esta mistura nos dá uma escrita incrível.

"-Você se arrependeu?- Insisto quase sussurrando.
Ele fica em Silêncio por segundos, mas que para mim parece uma eternidade.
-Sim...- e ele enfia uma faca no meu peito.
Puta merda! Meu mundo caiu. Meus Olhos ardem e minha vista fica turva.
-Por que?- Pergunto quase sem voz. Ele não responde e eu quero morrer. - Rique..."

Os dias passam e as férias dos dois acabam e somos levados a um profundo sentimento de tristeza onde os dois até então amigos sofrem a dor da separação, pois assim que desembarcarem em São Paulo Daniel segue direto para Campinas, sua passagem já fora comprada por Caleb.
Como o casal HD vai superar a distância? Eles conseguirão superar a barreira do preconceito não só dentro da família mas ao redor? Como Daniel reagirá quando souber sua verdadeira história, sua verdadeira origem? 

*****      
HD é um livro intenso, minhas emoções ficaram a flor da pele, com a forma incrível como a autora conduziu a estória, sem apelos sexuais, uma estória muito bem narrada com um enredo que não se vê por ai.
Um livro surpreendente e que vai ensinar a muitos o verdadeiro significado da palavra amor.
Amei o casal HD, ele nos mostra que todo sentimento começa de forma normal, ler o livro nos abre a mente e nos faz entender o universo Homossexual.
JV narra em terceira pessoa de forma sublime tendo um narrador forte e com muitas emoções, entramos alias caímos dentro da trama e somos levados a altas reflexões.

Ficha Técnica

Título High Definition- O amor não tem Gênero
Autor J.V.Leite
Bezz Editora 
Lançado em 2016
Disponível nas melhores Livrarias Digitais
Páginas 534, lançado em 23 de Março de 2017.  
Sinopse:
Daniel, 18 anos, criado como filho legítimo dos seus avós, vive na completa ignorância sobre sua verdadeira paternidade.
Henrique, 19 anos, após a morte de seu pai, assume os negócios da família junto com a irmã.
Ambos héteros.
Daniel e Henrique, melhores amigos de infância, após uma viagem a um paraíso nordestino, descobrem o inesperado, o quase impossível. Descobrem o amor um no outro. Um amor secreto e incondicional, regado ao medo e ao preconceito, mas que traz à tona o segredo de família, mudanças de paradigma, aceitação e entrega.

Minha Nota

*****
Este livro eu dou cinco estrelas porque é um livro muito bem narrado e com uma estória excelente e sem como já disse apelos sexuais ao contrário de uns por ai.
O casal HD é realmente apaixonante, me vi em muitas cenas e todas as paisagens descritas no livro era como se eu estivesse lá vendo cada paisagem.
É um livro que como disse eu aprendi a ver este mundo de outra forma, eu diria que todos deveriam ler, uma vez que retrata uma estória de vida incrível, escolhi este livro porque assim como a autora queria muito que as pessoas fizessem uma reflexão.
Não julgo a opção sexual de ninguém apenas respeito, deixe que Deus faça o julgamento, respeite.
Parabéns a autora por escrever de uma forma tão linda, parabéns de verdade Ju.
Ela é autora de outros livros, conheça as outras obras da autora ela está no Facebook , tenho certeza que irão amar assim como eu.
Estou amando a literatura nacional e vocês?
Leiam e depois me contem aqui o que acharam.
Curtam, comentem e compartilhem e claro não deixem de seguir o blog.

Beijos escritos e até a próxima!

Ana Ferreira Lima
Sigam-me nas redes sociais
*Twitter @anaferlimaautor *Instagram @anaferlimaautor *Facebook @autoraanaferreiralima

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email