[Crônica] Eu mudei

by - 11:03


No final mudamos com o tempo, sabe aquele "vou te amar para sempre"? Então, esqueça, aquele nunca serei assim , porque se tem algo que te faz mudar é o tempo com suas decepções e perdas pelo caminho.
E por falar em perdas, quantas não foram as pessoas que você conheceu no caminho e ficaram para trás deixando um vazio que você julgava nunca preencher até chegar outra pessoa e te mostrar que para todo término tem um recomeço?
A verdade é que alguns buracos jamais se fecham, porque tem pessoas que parecem deixar suas marcas bem cravadas em nossa pele, outras se vão tão facilmente que nem percebemos...
Tem amigos que partem em determinadas situações de nossas vidas nos deixando com aquela sensação  de perda imensa, enquanto alguns chegam e tomam nossas cruzes e nos ajudam a carregar.
E quer que eu seja bem sincera? Muitas vezes gosto de estar sozinha, mas tem pessoas que são tão especiais que me procuram e me tiram do transe, insistem e acabam me fazendo rir e me distrair mesmo quando eu insisto em expulsar todos.
Tem pessoas que tem o dom de me acalmar, mas tem aqueles que são o inverso, sempre sabem como me tirar do sério, verdade seja dita, mas é que a vida é assim, algumas pessoas te conhecem tão bem que parecem mais um reflexo de você mesmo.
De uma coisa você pode ter certeza, as pessoas que mais te machucam são as que mais te ajudam a crescer e a se tornar forte,  acabam por moldar você também.
Eu mudei, mudei mesmo, porque fui forçada a mudar, cresci cheia de mimos e nunca nada me faltou, em minha adolescência os outros adolescentes me chamavam de metida e mimada e na real talvez fosse até verdade, mas eu só vim ter consciência de que precisava mudar e parar de acreditar em tudo que diziam que era supostamente certo quando  tive minha primeira decepção com uma suposta amiga, e hoje digo V muito obrigada por me decepcionar, você não sabe como me ajudou, eu poderia citar também outras letras do alfabeto que contribuirão para meu crescimento e seriam S, W, C, D, Z, J, P, M e por aí vai , as letras não estão em ordem alfabética, nem em ordem cronológica, mas em ordem de grau do quem proporcionou mais dor, quem me surpreendeu de forma trágica digamos assim.    
Vingança? Para que? Só traria mais dor a mim mesma.
Eu oro por cada um, para que Deus em sua infinita misericórdia possa ajuda-los, sempre foi assim? Não.
Confesso que demorei para alcançar este estado de tranquilidade, as vezes ainda escorrego, porque somos humanos, e claro vivemos errando somos falhos e a mudança não acontece de uma hora para outra, mas o importante é querer mudar.
E o que sobrou daquela garota mimada que achava dona do mundo e da razão? Nada.
Confesso que mudei tanto, que no final acabei me perdendo e tendo que me reencontrar, mas não há noite que seja tão escura ou eterna, eu me encontrei e percebi como é bom recomeçar.
Recomece você também, mas por você, não por ninguém.
A vida é assim nem sempre te dará aquilo que você tanto quer mas com toda certeza te dará muitas alegrias e vitórias que você nem imagina e claro conte comigo sempre!
No momento não estou fazendo resenha de livro, as vezes postamos resenha de produtos ou empresa e faremos isso toda semana, mas livro vai demorar um pouco mais, porque como já disse aqui estou escrevendo um novo livro e ele está em processo de término o que me tira toda a atenção.
Em  breve postarei aqui um trecho dele, aguardem.

Beijos escritos e até a próxima!

Ana Ferreira Lima
Sigam-me nas redes sociais
*Twitter @anaferlimaautor *Instagram @anaferlimaautor *Facebook @autoraanaferreiralima

You May Also Like

0 comentários

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Ana e Seus Livros




 AMORES QUE CURAM



 AS CRÔNICAS DA ANINHA



 RELÍQUIAS DA VIDA



Posts mais Acessados

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email