[Literatura] Livro Relíquias da Vida- Um apelo da Alma

by - 14:16


Olá leitores como estão? Todo dia é dia de literatura!
Vamos falar um pouco de poesia e poesia romântica que é a que mais gostamos certo?
Para um poeta é  difícil  separar sentimento de razão, e a maioria das poesias possuem em sua composição uma certa melodia escondida, poesia é bom demais.
Então hoje vamos falar sobre o livro Relíquias da Vida o primeiro livro publicado por Ana Ferreira Lima , recentemente fizemos uma nova revisão para comemorar a publicação e demos uma nova capa que em minha opinião ficou mais adequada a obra, afinal quando falamos de romantismo automaticamente surgem em nossas memórias cenas de buques de rosa e serenata.

"(...)
Se nunca nos conhecemos
Somos dos estranhos
Não podes me odiar
Nem sofrer ou amar
Nem falar que algum dia
Caíram lágrimas em vão
(...)"

Mas Relíquias fala ao íntimo com cada leitor e como não poderia ser diferente, cada pessoa é tocado de forma diferente, quem o lê parece que está vendo uma cena de um filme.

(...)
e passou não mais seria recordado
Para cada verso uma lágrima
Ao chegar aos velhos anos
Saberia então o quanto tinham se destruído
Aqueles tão tristes versos
Teria sido relembrado por momentos
(...)

O livro reúne composições de várias épocas e momentos diversos sofridos pela autora ou vivenciados e vistos por ela, porque um poeta é assim ele escreve o que senti e a sua visão traduzida em emoção se torna em poesias que com o tempo vão se perpetuando até virarem imortais porque nem o tempo é capas de matar.

(...)
Não preciso ver apenas sentir
E como é belo saber que em breve estarás aqui
Usufruindo de todo amor que guardei só para ti
Nesta longa vida de tortuosos caminhos
O teu riso é o meu alento e alivio!
(...)

Relíquias tem uma visão e falas próprias, melodias que muitas vezes nos levaram a recordar de momentos bons e superar momentos vividos, mas de uma coisa tenha certeza você será tocado.
O livro está disponível para aquisição em diversas livrarias como Livraria Saraiva, Amazon, Clube de Autores, Estante Virtual, Lojas Americanas, Submarino e outras em e-book e físico.
Cadastre-se e siga nosso blog para acompanhar as promoções e participar dos sorteios.
Em breve sortearemos três exemplares físicos dos Livros Relíquias da Vida- Antologia Poética, Amores que Curam e As Crônicas da Aninha , então fiquem ligados!  

Devorem os livros!

Abraços e até a próxima!

Marciana Lima
Editora e Revisora

You May Also Like

0 comentários

Ela Não Soube Perdoar

Aonde vai Vó?- Perguntou a neta preocupada com a fragilidade com que a avó levantou aquela manhã. – Vou encontrar-me com um velho amigo, ele está internado no hospital em Belo Horizonte, sofreu um infarto e os médicos acham que ele não vai durar muito tempo.
– Dona Sophia, quando quiser o carro já está pronto e lhe aguarda.
O motorista trabalhara para Sophia nos últimos vinte anos e nunca tinha visto a senhora tão abatida, seu ar era de alguém que não tinha dormido, e realmente depois de ter recebido a noticia de que Arthur estava internado, ela não dormia há duas noites e mal tinha se alimentado, a verdade era que o coração latejava, em busca de uma solução, queria voltar ao passado e consertar um erro.
– Estou pronta Marcos, vamos.
– Espera Vovó, eu também vou com a senhora, deixe-me pegar minha bolsa que vamos e nem adianta dizer que não, eu vou junto e pronto.
– Tudo bem querida.
A neta era uma garota exemplar crescera ali naquele sítio e sempre foi muito apegada a avó, e por muitos meses eram somente as duas e os três funcionários que trabalhavam no sítio, ela foi para o carro e enquanto esperava neta sua mente voltava ao passado.
Sophia fora uma garota exemplar, criada também pela avó, aprendeu desde cedo que tinha que lutar pelo que queria se quisesse ser alguém na vida.
Ela frequentou a escola e suas notas sempre foram as melhores da turma, era adorada pelos professores e sua avó nunca teve uma queixa, parecia que a história se repetia com sua neta, as duas eram muito parecida até na aparência, Sophia via e si mesma quando conversava com a neta.
Em seu interior sempre se perguntava como havia sido sua mãe, a mãe de Sophia morreu de bala perdida em um dia fatídico em que ela iria dar inicio em suas aulas da Faculdade de Letras, ela morreu antes mesmo de chegar ao hospital, após isso a avó se mudou com Sophia ainda pequena aos dois anos de idade para uma cidadezinha do interior de Minas Gerais, morando em um Sítio nunca lhe faltou aventuras e diversão, nem amizades sinceras e leais.

Continue Lendo....

Dica de Leitura

Dica de Leitura
Da mesma autora do blog!

Postagem em destaque

[Top 20] Seja um porto seguro na vida de alguém

E amar inclui respeitar o outro e aceita-lo como um ser humano real sem idealizações, porque meu bem perfeito ninguém é, ninguém muda p...

Marcadores

CNPJ 20445389/0001-96 EMPRESA DO GRUPO ACP DIGITAL MARKETING . Tecnologia do Blogger.

Seguir Por Email