[Crônica] Insides


 Adquira o livro físico de As crônicas da Aninha
Oi amores! Tudo bem?!
Hoje meu trajeto ao trabalho foi um pouco diferente, em vez de pegar o meu BHBus de sempre pequei um metropolitano porque queria chegar na hora e não queria acordar mais cedo (as vezes posso me dar ao luxo de dormir mais) e ele é deveras mais rápido me deixando onde eu precisava 15 minutos depois.

O fato é que o trajeto que fiz me lembrou da época de escola quando eu ainda estava no quarto ano primário vi uma garotinha andar pela rua de pele clara e cabelos longos de franja e bem pretos como se fosse uma Índia ( é eu era assim) meu amigo leitor eu me vi. Tudo mudou o local em nada se parecia com o antigo lugar que eu passava para esperar o escolar.

Ao som de "In a world like This"dos Backstreetboys eu fui no caminho lembrando dos amigos da época daquela garotinha tímida e que nem sabia direito o que queria, na época minha única preocupação era chegar em casa e fazer o dever de casa rápido para não perder a tarde de desenhos e filmes. Que infância boa eu tive. As vezes você pode olhar para trás e se perguntar onde você se perdeu, eu me vi e olhando para trás digo que todos os caminhos que fiz me trouxeram onde estou hoje. Talvez eu mudasse alguma coisa, mas se mudasse deixaria de conhecer tanta gente boa que entrou no meu caminho.

Acredite meu querido leitor olhar para trás é bom? Sim. Claro. Mas seguir em frente com aquela certeza de que momentos melhores virão e que principalmente você evoluiu, quanto aprendizado você tem na bagagem!

Ah e eu vou com toda certeza pegar esse caminho porque além de rápido me mostrou que eu finalmente superei meus traumas e quando você se supera é algo maravilhoso.

Ah e antes que eu esqueça meu livro "As Crônicas da Aninha" esta disponível pra aquisição sub demanda no CDA https://bit.ly/2Z0fc2W )

Gosta de ler os posts aqui? Então corre lá e adquira o seu.

Promoções em breve!
E aí curtiu? Então compartilhe!

Beijos escritos,

Márcia Lima

Escritora e blogueira

Redes sociais

*Instagram: Márcialimaautor *Twitter : Márcialimaautor *Facebook: marcialimaautora

REFLEXÃO DO DIA 01/06/2019


 Adquira
“Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala.

Você pode não entrar e ficar observando a vida.

Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se!

Mas, também, tem um preço…

São inúmeras outras portas que você descobre.

Às vezes curte-se mil e uma.

O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta.

A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos.

Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende.

Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas.

E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas.

Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas.

Mas a vida também pode ser dura e severa.

Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente.

É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida…

Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!”

(Içami Tiba)
Gostou? Compartilhe!

Beijos escritos 😘

Marcia Lima
Escritora & Blogueira
Instagram 👉 marcialimaautor
Twitter 👉 Marcialimaautor
Facebook👉 Marcialimaautora 




Topo