[Crônica] Impressionando os anjos, valorize!

Olá pessoas lindas que acompanham o blog, como estão? 
O carnaval está aí, para quem curte aproveite com consciência galera.
Hoje estava escutando esta música do Gustavo Mioto 👉 Impressionando os Anjos 👈 e é engraçado como ela me trouxe reflexões boas e algumas nostálgicas. Quando eu tinha doze anos perdi meu pai para um câncer desastroso, mas a última vez que o vi tinha 2 anos. Sempre que escuto esta música me faz lembrar dele. É estranho você lembrar do sorriso, da voz ou do som que a risada fazia quando a pessoa ria. Aliás tentar lembrar em vão do abraço apertado que a pessoa te dava e sua memória guarda  tudo tão bem que você não consegue lembrar mais como se tudo tivesse perdido no mundo da mente. Porque está guardado a sete chaves. Eu queria ter tido a última conversa, dado o último abraço. Dizer que não o julgo pelas escolhas que fez. Eu já tenho minhas parcelas de escolhas erradas nestes 36 anos de existência. Então posso entender muito bem. O tempo não volta. E cabe a mim apenas crer que ele está em seu descanso eterno e bem. Porque as dores finalmente acabaram.
De iqual forma volto meu olhar para a janela aqui está chovendo, eu me pergunto como é perder alguém vivo? 
Jesus disse em uma vez quando estava sendo testado pelos fariseus que Moisés decretou o divórcio pela dureza do coração humano (Mateus 19.7-9), ou seja não é da vontade de Deus o divórcio. Mas o que vemos é o contrário muitos casais começam rápido demais e terminam se separando com uma facilidade enorme. Como se o sentimento já não estive ali ou não fosse importante. 
Não julgo quem se separa entendam. Mas as vezes da pena ver lares destruídos por falta de um perdão. As vezes a pessoa que precisa do perdão agiu de forma egoísta a pensar somente nela. Mas tenho algo para te dizer: se tem vontade - perdoe. Não espere até que seja tarde demais para ficar com quem você ama. 
As vezes tudo que a relação precisa é de um tempo. Um tempo só para vocês. 
Talvez o amor ainda esteja aí. Eu sou daqueles que acredita que amor de verdade nunca morre. Então se for real por que não? Quem poderá te julgar? 
Só se vive uma vez. Devemos valorizar as pessoas que escolheram caminhar conosco, porque um dia pode ser tarde para qualquer atitude. 
Somos mortais. Não devemos viver como se fossemos eternos, porque não somos. 
Tenha coragem e recomece sua vida. Sem medo! 
E se tiver que desistir, então que Deus O ajude a reerguer sua vida. A começar sem ter medo de errar.
Lembre-se seu objetivo é ser feliz e o do outro também! 

Gostaram do post? Então compartilha com seus amigos. Você pode ajudar alguém! 
Me sigam no Instagram todos os dias tem post e aquela mensagem de ânimo, bom dia e indicações de leitura. 

Beijos escritos,

Márcia Lima 
Escritora e blogueira 
Redes sociais
*Instagram: Márcialimaautor 
*Twitter : Márcialimaautor 
*Facebook: marcialimaautor 




Topo