[Crônica] A inveja alheia nossa de cada dia

Relutei muito antes de publicar este texto, mas acho que ele é necessário. 
Já alguns dias tenho observado a atitude de algumas pessoas, sabe que é engraçado o fato de nós acharmos que nossos problemas são maiores que o do outro, que nos merecemos mais que o outro   ou pior que o outro não mereceu aquela promoção por ser o suposto "puxa saco". Ou aquela conquista porque não é capaz. Sem as vezes parar para pensar no quanto aquela pessoa lutou para isso, como foi a escada que a preparou. Porque certamente ela não teve nenhum elevador. Será que foi fácil? Será realmente  que o fato dela querer agradar o ponto obvio da questão é errado?
Vi uma pessoa uma vez subir de cargo e vi alguns dizerem que tal pessoa somente subiu porque era o suposto "Puxa Saco" da equipe ou da empresa.  Mas eu vi inúmeras vezes esta mesma pessoa indo trabalhar vários feriados sem questionar, a vi trabalhar 7 dias seguidos e perder a própria folga para tapar buracos porque a empresa precisava e ninguém mais quis porque não era obrigado, o que realmente não somos, mas é justamente este o ponto X da questão, então eu te pergunto será que foi mesmo  o fator "puxa saco" que motivou a empresa a subi-la de cargo? Ou merecimento? 
A meu ver merecimento, me pergunto onde estavam aquelas pessoas que hoje a julgam dizendo que ela não tem qualificação suficiente quando a empresa precisava? Não somos obrigados a nada, mas veja se você se prepara para fazer apenas aquilo que é pago para fazer sempre, então prepare-se para  ter sempre  os mesmo resultados de outrora.  
Nós temos que agir como pessoas egoístas em alguns momentos, mas e pensar no outro se colocar no lugar do outro faz você uma pessoa melhor. 
Eu não sei vocês mas muito me irrita conviver com pessoas egoístas que só pensam nelas é cansativo, aquele tipo que só te procura quando precisa e até vai se alegrar com aquilo que você conquistou se por ventura estiver bem. Caso contrário te dará um sorriso falso em retribuição a sua alegria. 
Então que possamos prestar mais atenção em nossas atitudes, para que as más ações não modem nosso caráter. 
 
Para refletir: "Até que ponto estou disposto a ir para realizar um objetivo?"

Curtiu o post? 
Então comente, compartilhe com seus amigos e claro siga o blog. 

Até a próxima. 

Beijos escritos, 

Márcia Lima 
Escritora e blogueira 
Me sigam nas redes sociais
*Instagram: Márcialimaautor 
*Twitter : Márcialimaautor 
*Facebook: marcialimaautor

4 comentários:

  1. Texto bem escrito. Parabéns!
    Abraços!!

    Victor Wallace
    https://wallsbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Obrigada! Gostei do teu blog. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Marcia

    Texto lindo.

    ResponderExcluir
  4. Márcia, eu adorei esse texto!!!
    Uma vez ouvi que as pessoas são contratadas por habilidades, e descontratadas por comportamentos.
    Sabe, também conheço uma pessoa assim... Se dispôs, tem característica de ser alguém solícita justamente porque dá o seu melhor naquilo que foi designada a fazer. E aprendeu isto também, levando consigo o que leu em Colossenses 3:23-24.
    A simpatia é confundida com puxa-saquismo para quem não possui esse adjetivo.
    E ninguém precisa classificar alguém para um cargo maior, simplesmente por coleguismo. Se não, estaria fadado ao fracasso o ambiente corporativo né?
    Mas, a habilidade dessa pessoa foi provada no teste psicológico que, modéstia a parte, foi surpreendente.
    Pessoas inteligentíssimas compõem a diretoria e gerência desta empresa, e me sinto honrada em conviver com elas.
    Amadureci muito com os aprendizados que ainda tenho todos os dias.
    Acontece que, para onde formos, pessoas que não nos conhecem se acharão no direito de nos julgar.
    Mas assim como você tem os olhos bons de percepção, outras também tem.
    E eu fui vista, notada. Porém, não fiz esforço para tal.
    Fiz por essência, comprometimento, que me levou ao mérito de uma promoção.
    Acabei revelando que estou falando de mim, né, o que já era óbvio mas ainda não tinha usado a primeira pessoa.
    Mas você sabe bem que os outros sabem de nós apenas aquilo que permitimos que saibam.
    Mas enfim, gostei demais! Gosto do quão você é sagaz, empática e mente aberta. Muito bom ler os mistérios que sondam esse cérebro incrível que você tem.

    ResponderExcluir



Topo